Convivência

Dicas de segurança para condomínios

Quem mora em condomínio sabe que, com o entra e sai de pessoas, é quase impossível controlar quem é morador, visita ou possível bandido. Passamos a ficar suscetíveis a ações de roubos e vandalismo, muitas vezes, mesmo com todo o aparato de segurança ao nosso redor.

Para evitar mais problemas, a prevenção certamente ainda é a melhor estratégia contra as ações de bandidos, mas o fato é que nem sempre tomamos as atitudes mais adequadas.

Confira o conteúdo a seguir e veja o que você, seu síndico e vizinhos podem fazer para que seu local de moradia fique a salvo de atividades suspeitas.

Solicitar identificação a cada pessoa que chega

Um dos pretextos mais utilizados por bandidos para acessar o prédio, é informar ao porteiro, ou pelo interfone ao síndico que veio até o local para prestar algum serviço de manutenção.

Para evitar que qualquer desconhecido chegue a subir nos apartamentos, os condôminos devem sempre avisar ao porteiro ou síndico quando estão aguardando a visita de um técnico. Se não houver notificação, o acesso de estranhos não poderá ser liberado.

2

Descrição com a rotina dos moradores

Outra estratégia comum utilizada pelos ladrões é tentar entender os horários de saída e chegada dos moradores, por meio de conversas com outros vizinhos ou porteiro. Se perceber que algum desconhecido está fazendo perguntas demais sobre a rotina do prédio e dos condôminos, desconfie. Ele pode alegar que deseja saber mais detalhes, pois está para comprar um apartamento na localidade, nesse caso, peça que se informe diretamente na imobiliária.

Tecnologia a favor

As câmeras de segurança são um aparato tecnológico mais do que necessário, são indispensáveis. Claro que ela não é garantia total de segurança, mas, com certeza, afasta bandidos.

3

 

Porém, ela sozinha não faz milagres. É preciso que, de fato, aja uma conferência das gravações. Assim é possível identificar atividades suspeitas e informar a polícia antes que algo mais grave aconteça.

Cuidado máximo com as chaves

As chaves das portas de acesso ao prédio não podem ser entregues para terceiros, para não correr o risco que sejam confeccionadas cópias desautorizadas. Mesmo que seja para uma diarista de confiança ou um técnico conhecido da família. Dê preferência para que alguém esteja em casa e abra a porta para essa pessoa.

Além disso, sempre que houver desconfiança, demissões conflituosas de funcionários, perda de chave por algum dos moradores, deve ser levantada a ideia de fazer-se uma nova chave, ou mudança de senhas.

A melhor saída, então, é o trabalho em conjunto entre administradoras de condomínios, funcionários e moradores para evitar ser o próximo alvo da onda de violência.

Artigo anterior

Consolidação em Jaraguá do Sul (SC): Rôgga entrega o segundo empreendimento Easy Club na cidade

Próximo artigo

Home Office: Decoração bem pensada ajuda na produtividade

Meu Imovel Ideal

Meu Imovel Ideal

Não há comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>